33.2 C
Mato Grosso
sexta-feira, julho 19, 2024
spot_img
HomeGeralProfessor paga R$ 4 mil para motorista de aplicativo trazer ao DF...

Professor paga R$ 4 mil para motorista de aplicativo trazer ao DF menina de 14 anos que conheceu em jogo online

 Divulgação/Polícia Civil DF

Docente de 25 anos se disse apaixonado pela garota, que conheceu quando ela tinha 13 anos; adolescente já voltou para casa, em SP

Um professor de 25 anos da rede pública do Distrito Federal foi autuado acusado por trazer de São Paulo para Brasília — de veículo de aplicativo — uma adolescente de 14 anos que conheceu em um jogo online e por quem se dizia apaixonado. Depois de ouvir da mãe que ele não tinha tido uma boa ideia, o professor deixou a adolescente, sem dinheiro, na rodoviária interestadual da capital.

A família da menina registrou o desaparecimento quando ela não retornou para casa ao sair da escola, no último dia 30.  Ela voltou para casa com os pais na quarta-feira (31). De acordo com a polícia, a adolescente teria vindo com o professor por vontade própria. O Código Penal diz que a idade mínima para relações íntimas é 14 anos. Antes disso, se configura “estupro de vulnerável”, com pena de oito a quinze anos de reclusão.

A adolescente afirmou aos investigadores que eles se conheceram pela internet quando ela tinha 13 anos. Quando ela completou 14 no último mês de maio, o professor disse que estava “apaixonado” e que iria buscá-la em São Paulo — a polícia não informou em que cidade a menina mora. De acordo com a investigação, o professor gastou R$ 4.000 com uma corrida por aplicativo para voltar para Brasília com a adolescente, depois de ela sair da escola.

Já em Brasília, a mãe do professor disse que a menina deveria voltar para casa. A adolescente mandou uma mensagem para os pais e foi deixada pelo professor na rodoviária. Para a polícia, a menina explicou que pediu para ele deixá-la só por “medo de que ele fosse preso.”

O professor foi localizado em casa e autuado pelo crime de induzimento a fuga, que tem pena prevista de um mês a um ano de prisão ou pagamento de multa. Ele foi liberado em seguida por ser um crime de baixo potencial e vai responder em liberdade.

O jogo no qual o professor e a adolescente se conheceram é indicado para maiores de 12 anos e conta com mais de 10 mil downloads. Nele, a pessoa cria um personagem e é possível interagir em um chat com outros jogadores. O aplicativo em nenhum momento pede a idade dos jogadores.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas