29.3 C
Mato Grosso
sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeDiário TVPrédio desaba no Grande Recife e pessoas são soterradas

Prédio desaba no Grande Recife e pessoas são soterradas

Reprodução

Segundo bombeiros, há moradores soterrados e crianças estão entre os desaparecidos. Testemunhas dizem que prédio havia sido interditado e foi ocupado.

Parte de um prédio desabou no bairro do Janga, em Paulista, no Grande Recife, na manhã desta sexta-feira (7). De acordo com os bombeiros, há moradores soterrados nos escombros e crianças estão entre os desaparecidos. O número de vítimas não foi informado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, há ao menos nove pessoas sob os destroços. Algumas delas se comunicam com os bombeiros durante a busca.

Duas mulheres foram resgatadas vivas. Uma delas foi levada para o Hospital Miguel Arraes, na mesma cidade. Não há informações sobre o estado de saúde ela, nem para onde a outra mulher foi levada.

O desabamento ocorreu no início desta manhã, às 6h10. O prédio fica na rua Dr. Luiz Inácio de Andrade Lima e faz parte do Conjunto Beira-Mar. Segundo os bombeiros, um dos blocos desabou totalmente e outro, parcialmente.

Segundo moradores, o prédio estava interditado por ordem judicial, mas foi reocupado em 2012. Uma mulher que não quis se identificar disse que a irmã, chamada Maria da Conceição, morava no edifício com os filhos.

“A gente ocupou aí porque não tinha onde morar. Minha irmã e os filhos dela estavam lá. Moravam cinco filhos com ela aí. A gente está sem notícia dela”, disse.

O despachante Jailson Júnior presenciou o momento em que o prédio caiu. “Eu trabalho no terminal de ônibus do Conjunto Beira-Mar, aqui do lado. Havia pessoas soterradas lá embaixo, inclusive uma placa [de concreto] caída em cima de crianças. Está todo mundo aqui, Samu, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros”, disse.

Até a publicação, os bombeiros ainda não haviam informado quantos são os desaparecidos. As buscas por vítimas seguem no local. Participam das buscas 50 bombeiros e 40 voluntários. Cães farejadores participam da operação para encontrar pessoas.

Esse tipo de prédio, que é popularmente conhecido como “prédio caixão”, tem térreo e três andares e, em cada pavimento há quatro apartamentos.

Moradores procuram pessoas soterradas no desabamento — Foto: Reprodução/WhatsApp

Moradores procuram pessoas soterradas no desabamento — Foto: Reprodução/WhatsApp

Prédio desabou parcialmente no Janga, em Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Prédio desabou parcialmente no Janga, em Paulista, no Grande Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Outro desabamento

Escombros de prédio que desabou em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Escombros de prédio que desabou em Olinda — Foto: Reprodução/TV Globo

Em abril deste ano, uma parte do Edifício Leme desabou em Jardim Atlântico, Olinda. O acidente deixou seis mortos e cinco feridos. O prédio estava interditado desde 2000, por causa de problemas de segurança. Entretanto, foi reocupado.

Fonte: G1 PE

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas