28.3 C
Mato Grosso
quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomePolíciaPolícia Civil resgata crianças que foram levadas de MT para Goiás pelo...

Polícia Civil resgata crianças que foram levadas de MT para Goiás pelo pai sem autorização da mãe

Suspeito utilizou de violência psicológica com a mãe por não aceitar o fim do relacionamento

Duas crianças de 03 e 06 anos de idade que foram subtraídas pelo pai e levadas para outro estado sem autorização da mãe foram resgatadas nesta segunda-feira (16.10) em uma ação da Polícia Civil de Mato Grosso, realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá e Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, com apoio da Polícia Civil de Goiás.

As investigações iniciaram no dia 08 de outubro quando a mãe das crianças (uma menina e um menino) procurou o Plantão de Violência Doméstica de Cuiabá para relatar que o ex-marido pegou os filhos do casal, dizendo que iria dar uma volta, mas os levou para o estado de Goiás sem o seu conhecimento.

Após o primeiro atendimento no plantão, o caso foi encaminhado à Delegacia da Mulher de Cuiabá que avançou nas investigações, conseguindo identificar que as crianças estavam na cidade de Hidrolina (GO).

Ainda durante os trabalhos, a Defensoria Pública pediu o mandado de busca e apreensão dos menores para que fossem restituídos à mãe, que foi prontamente deferido pelo Poder Judiciário.  Em seguida foi feito  em contato com a equipe da Delegacia de Itapaci (GO), cidade vizinha de onde as crianças estavam para cumprimento do mandado. 

A mãe das crianças foi para o estado de Goiás, onde foi recebida pela equipe da Polícia Civil local e após o cumprimento da ordem judicial, pode reencontrar os seus filhos após mais de uma semana separados.

A delegada titular da DEDM Cuiabá, Judá Marcondes, revelou que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e quis se vingar da vítima, tirando os próprios filhos do convívio com a mãe. Foi uma forma que ele encontrou de praticar a violência psicológica da forma mais vil. Graças a ação em que todos os órgãos de proteção à mulher e à criança agiram de forma unida e rápida, conseguindo restituir as crianças à mãe, quem possuía a guarda de fato”, disse a delegada.

Fonte: Polícia Civil-MT

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas