24.4 C
Mato Grosso
terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeMato GrossoPF e Sema destroem oito balsas usadas em extração de ouro ilegal...

PF e Sema destroem oito balsas usadas em extração de ouro ilegal no nortão

A ‘Operação Flumen’ da Polícia Federal, em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema-MT), destruiu oito balsas utilizadas para extrair ouro de forma ilegal, em Peixoto de Azevedo (674 km de Cuiabá), nesta semana. Além disso, duas pessoas flagradas cometendo crimes ambientais foram multadas em R$ 100 mil. 

As investigações iniciaram em 2023, a partir de uma denúncia anônima sobre a atividade de mineração ilegal no leito do rio Peixoto, no trecho entre a Ponte/BR-163 até a balsa que liga os municípios mato-grossenses de Nova Guarita e Novo Mundo, no extremo norte do Estado.

No decorrer da operação, os agentes constataram balsas operando sem o devido licenciamento ambiental, em desacordo com as legislações vigentes.

De acordo com a Coordenadoria de Mineração da Sema-MT, a exploração mineral ilegal causa sérios impactos ambientais, como o assoreamento de leitos de rios, mudança da qualidade da água, mudança do curso do rio, degradação das Áreas de Preservação Permanente (APP), entre outros.

Para a realização de qualquer atividade de extração mineral, é necessário, primeiro, obter a autorização da Agência Nacional de Mineração (ANM) e as licenças ambientais, estas embasadas em estudos ambientais, como o diagnóstico ambiental, o plano de controle ambiental e o plano de recuperação de áreas degradadas, e que devem ser apresentados para a Sema-MT.

DENUNCIE 

A Sema-MT atende denúncias da população contra crimes ambientais e pescas predatórias pela Ouvidoria, no telefone 0800 065 3838, pelo e-mail ouvidoria@sema.mt.gov.br, pelo WhatsApp (65) 98153-0255 e em suas Unidades Regionais (acesse a lista aqui).

Quem se deparar com algum crime ambiental também pode denunciar por meio do contato da Polícia Militar 190.

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas