14.2 C
Mato Grosso
sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeMundoLula conversa com Putin e recusa convite para Fórum Econômico Internacional de...

Lula conversa com Putin e recusa convite para Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo

Presidente brasileiro reiterou a disposição do Brasil de conversar com os lados envolvidos na guerra da Ucrânia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conversou por telefone nesta sexta-feira (26) com Vladimir Putin. De acordo com Lula, ele reiterou ao líder russo a disposição do Brasil, junto com Índia, Indonésia e China de conversar com os lados envolvidos na guerra da Ucrânia.

Por sua vez, Putin confirmou que a Rússia está aberta ao diálogo sobre a Ucrânia, disse o Kremlin.

Lula ainda recusou convite para o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, que ocorre anualmente na cidade russa.

“Conversei agora por telefone com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. Agradeci a um convite para ir ao Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo, e respondi que não posso ir a Rússia nesse momento, mas reiterei a disposição do Brasil, junto com a Índia, Indonésia e China, de conversar com ambos os lados do conflito em busca da paz”, escreveu Lula nas redes sociais.

“O presidente da Rússia fez uma avaliação fundamental do desenvolvimento da situação em torno da Ucrânia, ao mesmo tempo em que confirmou a abertura do lado russo ao diálogo na via política e diplomática, que ainda está bloqueada por Kiev e seus patrocinadores ocidentais”, acrescentou o Kremlin em nota.

“Alguns aspectos atuais da parceria estratégica russo-brasileira foram discutidos, e o interesse mútuo foi expresso em seu desenvolvimento progressivo e no aprofundamento da cooperação prática em vários campos. A conversa foi construtiva e informativa”, completou.

Cúpula do G7

Na última semana, Lula participou do encontro da cúpula do G7 no Japão. Durante encontro com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, Lula destacou os esforços dos dois países em busca da paz no Leste Europeu.

Segundo o Planalto, Lula declarou na ocasião que Brasil e Índia “são países da maior relevância para o desenho de uma nova geopolítica global”.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, também compareceu à reunião do G7. Ele solicitou uma reunião com Lula, mas uma incompatibilidade de agendas impossibilitou a conversa.

“Sobre as situações das minhas reuniões eu encontrei quase todo mundo, todos os líderes, e todos eles tinham suas agendas, então, eu acho que foi por isso que nós não pudemos nos encontrar com o presidente brasileiro”, disse Zelensky.

Conforme apurado pela âncora da CNN Daniela Lima, a equipe de Zelensky teria parado de atender ligações enquanto as delegações dos dois países tentavam arranjar um encontro entre os líderes.

Na brecha ofertada, o presidente brasileiro iria redesenhar sua agenda ou até mesmo desmarcar compromissos já marcados, a depender da hora que Zelensky pudesse se encontrar.

DA CNN (Publicado por Lucas Schroeder)

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas