18.8 C
Mato Grosso
segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeCidadesHomem que descumpriu medida protetiva e agrediu ex-companheira é preso em Barra...

Homem que descumpriu medida protetiva e agrediu ex-companheira é preso em Barra do Garças

 Homem que descumpriu medida protetiva e agrediu ex-companheira é preso em Barra do Garças

Suspeito que já havia sido preso por violência doméstica em setembro agrediu a vítima novamente no final de semana

Um homem suspeito de crime de violência doméstica teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (06.05), após descumprir as medidas protetivas decretadas pela Justiça em favor da sua ex-companheira. A prisão do suspeito, de 30 anos, foi cumprida pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá).

A vítima de 46 anos requereu medida protetiva em desfavor do suspeito seu ex-companheiro no mês de março. Ele já havia sido preso em flagrante delito em setembro de 2022 por violência doméstica contra a vítima.

No último final de semana, o suspeito foi até a residência da vítima, a agrediu fisicamente, e em seguida fugiu do local, tomando rumo ignorado. Após o fato, a vítima foi até a Central de Flagrantes, onde registrou o boletim de ocorrência de descumprimento de medidas protetivas.

Na terça-feira (02.05), a vítima compareceu na Delegacia da Mulher de Barra do Garças e relatou o seu desespero e medo que estava enfrentando de ser novamente agredida pelo suspeito. Diante dos fatos, a equipe da especializada informou o descumprimento das medidas protetivas ao Ministério Público, que representou pela prisão para o Judiciário.

A ordem de prisão preventiva contra o suspeito foi deferida pela Justiça, sendo as diligências que resultaram na prisão do suspeito, coordenadas pela delegada, Luciana Batista Canaverde.

Segundo a delegada, o agressor já havia relatado que não tinha medo de ninguém, muito menos da polícia, porém, em ação rápida da Polícia Civil, a equipe de investigação da Delegacia Especializada da Mulher deu cumprimento à prisão do suspeito em uma empresa da cidade. “Ações rápidas como essas servem de exemplo para encorajar mulheres vítimas de violência doméstica a denunciar seus agressores”, destacou. 

Fonte: PJCMT/Foto: reprodução internet

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas