28.3 C
Mato Grosso
quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeCidadesVídeo - moradora do bairro Cidade Verde reclama de constantes quedas de...

Vídeo – moradora do bairro Cidade Verde reclama de constantes quedas de energia

Moradora do bairro Cidade Verde, em Cuiabá, reclama de constantes quedas de energia no local. Situação tem se arrastado há dois meses e, apesar das reclamações para a empresa responsável, nada é feito. Companhia afirma que situação acontece em decorrência súbito do consumo por ondas de calor extremo no estado. 

Ao conversar com a moradora, que preferiu não se identificar, desabafou sobre a exaustão causada por esse problema. Ela mencionou que o fornecimento de energia é frequentemente interrompido das 23h às 4h, nas terças e quintas-feiras.

“Vai fazer dois meses que acontece toda semana em dois dias, sempre às terças e quintas. Chega 23h, a energia cai e só volta às 4h. Estamos exauridos de esperar solução e nunca temos retorno”, afirmou.

Perguntada sobre as justificativas apresentadas pela empresa de energia para a falta constante, a denunciante afirma que a Energisa não dá nenhuma explicação e ao ligar no Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) nunca consegue falar com atendentes. Há apenas as respostas automáticas.

“Eles não dão prazo nenhum ou justificava, apenas falamos com robôs. Nunca conseguimos falar com atendentes”, relatou.

Em vídeo compartilhado, a moradora mostra a rua sem energia de noite e diz que já é a segunda vez na semana.

“É a segunda vez na semana que a gente fica sem energia. Fica meia fase, mal liga o ventilador e é só na metade dessa rua e a de trás. A gente tem criança pequena, tem idoso… e parece alguma combinação, porque já a segunda vez na semana e toda vez às 23h e só volta às 4h (sic)”, disse.

Além do grande desconforto por conta da falta de energia para uso de ventiladores e ar-condicionado no calor intenso registrado na cidade, há o risco de dano aos eletrodomésticos devido à instabilidade da eletricidade.

A reportagem teve acesso a alguns protocolos registrados pela moradora e todos eles aparecem como “em andamento” apesar de datas antigas, como 6 de agosto.

Outro lado
Reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Energisa e questionou a empresa sobre os problemas enfrentados pela denunciante. Em resposta, a companhia se pronunciou por meio de nota.

A Energisa esclarece tem registrado nos últimos dias picos de consumo em virtude do aumento súbito do consumo por ondas de calor extremo no estado. A empresa destaca que está atuando em todas essas regiões com obras para aumento da capacidade de distribuição, redimensionando a rede, inclusive na região do Cidade Verde. Foram aplicados R$ 41,5 milhões apenas neste ano no estado todo.

No entanto, pede aos donos de imóveis que façam a atualização obrigatória de carga. Os dados estão entre os indicadores utilizados pela companhia, para determinar o potencial de consumo nos municípios e quais os investimentos necessários. A atualização pode ser feita pelos seguintes canais. São eles:

– Aplicativo Energisa On
– Site: energisa.com.br     
– WhatsApp (Gisa): www.gisa.energisa.com.br
– Call Center: 0800 646 4196.

Por Vanessa Araujo

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas