23.7 C
Mato Grosso
segunda-feira, março 4, 2024
spot_img
HomeJustiçaSuposto pastor acusado de esquema de pirâmide tem R$ 175 mil bloqueados...

Suposto pastor acusado de esquema de pirâmide tem R$ 175 mil bloqueados pela Justiça


Flavio Leite Martins Leite, suposto pastor evangélico, teve R$ 175 mil bloqueados pela juíza Sinii Savana Bosse Saboia Ribeiro, da 10ª Vara Cível de Cuiabá. Ele é acusado de cometer estelionato em um esquema de pirâmide. Ele é um dos alvos de um inquérito conduzido pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (DECON) por crimes contra as relações de consumo. 

G.D.O.S. entrou com uma ação de rescisão contratual, com restituição de valores, e indenização por danos morais contra a empresa Zion Enterprise Incorporadora Ltda. (Flavio Leite M. Mendes – ME) e Flavio Leite Martins Lemes, narrando que firmou um contrato em agosto de 2022 de “Compra e Venda de Blocos de Cashback”. 

Disse que investiu R$ 120 mil na plataforma administrada pela empresa com a promessa de que teria rendimento mensal de R$ 9.166,66, por um período de 6 meses. No fim, ele sairia com R$ 175 mil. 

No entanto, os réus teriam descumprido a obrigação contratual e não pagaram o capital investido nem os rendimentos. 

A vítima afirmou que tentou resolver com a empresa a questão, pedindo que realizasse o devido pagamento, mas não teve sucesso. Por causa disso pediu à Justiça o arresto do valor. 

A magistrada determinou o bloqueio e agendou para o próximo dia 18 de julho uma audiência de conciliação, que será realizada por meio de videoconferência. 

“Defiro em parte o pedido de antecipação de tutela de urgência formulado pela parte autora para determinar: O arresto de ativos financeiros nas contas dos requeridos, via Sisbajud, no valor de R$ 175.000,00; O bloqueio de bens móveis através no Sistema Renajud acerca de veículo em nome da parte requerido”.  

Fonte: Gazeta Digital

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas