30.7 C
Mato Grosso
quinta-feira, maio 30, 2024
spot_img
HomePolíciaPolícia Militar apreende quatro armas de fogo e prende cinco por porte...

Polícia Militar apreende quatro armas de fogo e prende cinco por porte ilegal


Em duas ações distintas, policiais militares da Força Tática e do Grupo de Apoio, do 2º Comando Regional, apreenderam quatro armas de fogo e prenderam cinco pessoas por porte ilegal, no município de Poconé (105 km de Cuiabá). 

Na noite desta segunda-feira (05.06), uma equipe da Força Tática recebeu informações de que três homens estariam em um lava-jato, na Avenida Anibal de Toledo, negociando a compra e venda de duas armas de fogo. 

Após a denúncia, os militares saíram em diligência e identificaram os suspeitos de 21, 28 e 37 anos no estabelecimento. Durante busca pessoal, nada de ilícito fora encontrado. No entanto, em buscas pelo local, os militares encontraram as armas escondidas próximas a um trator, sendo dois revólveres, um calibre 38 e outro 22. 

Dois suspeitos afirmaram ser os proprietários das armas e o outro receberia uma comissão pela venda. Nenhum deles possuía documentação necessária para porte. O trio e os armamentos foram encaminhados à delegacia. 

Já na madrugada desta terça-feira (06.06), uma equipe do Grupo de Apoio, em patrulhamento pelo bairro Cohab Santa Teresinha, se deparou com dois homens, de 50 e 55 anos, trafegando um veículo Celta, prata, em alta velocidade e na contra mão da rodovia. 

Ao notar a presença dos militares, o motorista saiu em alta velocidade, sendo abordado em seguida. O condutor, em visível estado de embriaguez, tentou sacar uma arma de fogo da cintura, mas foi detido. Em certo momento, os militares identificaram que ele possuía uma outra arma na cintura.

Na abordagem, foram apreendidas uma arma de fogo calibre 22, com seis munições intactas, e uma arma calibre 25, com dez munições intactas. Já no porta luvas do carro os militares encontraram 20 munições calibre 25.

Os suspeitos e o material apreendidos foram levados à delegacia para registro do boletim de ocorrência. 

Fonte: Assessoria

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas