24.5 C
Mato Grosso
quarta-feira, abril 24, 2024
spot_img
HomeAcidenteMotorista envolvida em acidente é indiciada por homicídio culposo de motociclista

Motorista envolvida em acidente é indiciada por homicídio culposo de motociclista

Vítima foi atropelada após fazer manobra para desviar de um buraco na pista

A motorista do veículo Hyundai Creta envolvido no acidente de trânsito que resultou na morte de um motociclista no mês de março, no bairro Popular em Cuiabá, foi indiciada por homicídio culposo na direção de veículo, na conclusão do inquérito policial, instaurado na Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran).

O acidente de trânsito, que vitimou Orlando Gomes de Lima, de 60 anos, ocorreu no dia 29 março, por volta das 20 horas, na região do Córrego 08 de abril, em Cuiabá-MT.

No dia dos fatos, a motocicleta Honda NXR 160 Brós, conduzida pela vítima, e o veículo Hyundai Creta trafegavam pela avenida 08 de abril, em sentidos opostos, quando, em razão de um buraco na pista, o motociclista avançou parcialmente a esquerda na faixa contrária, momento em que foi surpreendido pelo veículo que vinha no sentido oposto.

Durante a manobra para desviar do buraco, a vítima caiu da motocicleta, ocorrendo em seguida o seu atropelamento. O motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A condutora do veículo Creta, que estava gestante, precisou de atendimento médico e foi encaminhada ao hospital, sendo realizado o teste de alcoolemia com resultado negativo.

Nas investigações do inquérito policial instaurado na Deletran, foram realizadas oitivas de testemunhas e juntadas as perícias, que apontaram que houve a invasão de pista contrária e que a motorista do Creta não adotou providências necessárias (acionamento de freios) para evitar o acidente.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Vinícius de Assis Nazário, a perícia apontou que, a motorista além de arrastar a vítima, podendo frear o veículo, ela passou o carro por cima. “Mesmo diante da queda do motociclista, devido à necessidade de manobra em razão de interferência na pista, ficou comprovada a responsabilidade da motorista no óbito da vítima”, disse o delegado.

Fonte: PJC-MT

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas