26.2 C
Mato Grosso
terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomePolíticaMendes: “Lula tem dado tratamento diferente aos governadores”

Mendes: “Lula tem dado tratamento diferente aos governadores”


O governador Mauro Mendes (União) afirmou que Mato Grosso tem recebido atenção do Governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Desde o início do ano, Mato Grosso tem recebido visitas recorrentes dos ministros do petista. Apenas neste mês, vieram ao Estado os ministros das Comunicações, Juscelino Filho e o ministro do Meio Ambiente Carlos Fávaro, que é morador do estado.

Na quinta-feira (25), o ministro da Educação, Camilo Santana, virá a Cuiabá e se encontrará com Mendes.

“Fico feliz [com a visita dos ministros]. O Governo Lula tem demonstrado um tratamento diferente com os governadores, a verdade tem que ser dita”, afirmou em coletiva a imprensa ao ser questionado sobre a relação com a União.

“Ele trata bem os governadores, recebe bem a todos. Eu vi por duas reuniões consecutivas que participei”, acrescentou.

Ele trata bem os governadores, recebe bem a todos. Eu vi por duas reuniões consecutivas que participei

Nesta quarta-feira (24), Mendes foi a Brasília se reunir com o Governo Federal para tratar o novo arcabouço fiscal, que teve texto-base aprovado na Câmara.

Ministros amigos

Mendes apontou que alguns ministros da gestão petista são seus “amigos” por já terem sido governadores na gestão passada. Camilo, por exemplo, era governador do Ceará entre 2015 a 2022.

“Tenho uma facilidade [no relacionamento], porque tenho vários ministros que são amigos meus, porque são ex-governadores. Tive a honra de compartilhar com eles”, disse.

“Na quinta-feira, vamos receber o ministro da Educação, que foi governador do Ceará, e convivemos em diversas oportunidades. Vai ser uma honra recebê-lo aqui para tratar de assuntos ligados a obras do Governo Federal que estão paralisadas em Mato Grosso”, completou.

O ministro da Educação deverá anunciar a retomada de 71 obras da educação básica, em 46 municípios, que foram paralisadas no governo Bolsonaro.

Fonte: Midia News

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas