24.5 C
Mato Grosso
quarta-feira, abril 24, 2024
spot_img
HomeEducaçãoMato Grosso oferece primeiro curso de enfermagem indígena do Brasil

Mato Grosso oferece primeiro curso de enfermagem indígena do Brasil

As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até 31 de julho

Mato Grosso é pioneiro no país ao oferecer o primeiro curso de enfermagem intercultural indígena, através da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). São 50 vagas que serão distribuídas entre as 27 etnias presentes no estado.

As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até 31 de julho. Para concorrer é necessário apresentar termo de compromisso, carta de intenção e também declaração de apoio da comunidade indígena. Nove das vagas serão destinadas aos povos indígenas do Xingu, comunidade beneficiada com o maior número de cadeiras no curso.

Para o coordenador de preceptoria da graduação, o enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, a abertura do curso é um momento histórico não só para Mato Grosso, mas como para todo o país, por proporcionar uma formação específica para indígenas.

“Essa formação leva em consideração a diversidade cultural e os conhecimentos tradicionais em saúde desses povos. O nosso objetivo é, ainda, reduzir as desigualdades que ocorrem com frequência no processo de formação tradicional, que pouco valoriza os conhecimentos ancestrais, que devem ser incorporados e articulados com a medicina ocidental”, explica Vagner.

A escolha dos candidatos será baseada na avaliação da carta de intenção, que deve ser escrita à mão e explicar o porquê da escolha do curso, assim como a contribuição da graduação para o indivíduo e sua comunidade. A previsão é que as aulas tenham início em setembro deste ano.

“É uma honra sermos pioneiros nessa formação que serão tão útil aos nossos povos indígenas. Temos um déficit de profissionais nessas comunidades que poderá ser suprido com profissionais que conhecem de perto não só a realidade, mas também a cultura das etnias indígenas “, enfatiza a presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT), Lígia Arfeli.

Fonte: Coren – MT

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas