Home Mato Grosso Loja especializada em caminhonetes é fechada por vender peças roubadas e ser...

Loja especializada em caminhonetes é fechada por vender peças roubadas e ser desmanche de Hilux em Cuiabá

0
126
A loja localizada na Avenida Miguel Sutil foi fechada pela Polícia Civil nesta quinta-feira (22).

Foto:Reprodução

A ação resultou na apreensão de motores e diversas peças de caminhonetes, produto de roubo e furto em diversos estados do país.

Um estabelecimento comercial, utilizado para desmanche de veículos e comércio de peças de caminhonetes, que foram roubadas, foi fechado pela Polícia Civil, na manhã de quinta-feira (22.06), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERFVA). A ação resultou na apreensão de motores e diversas peças de caminhonetes, produto de roubo e furto em diversos estados do país.

Um funcionário foi preso em flagrante pelo crime de receptação. O proprietário do estabelecimento não foi localizado e responderá em inquérito policial pelos crimes de receptação e adulteração de sinal de veículo automotor.

As diligências no local iniciaram após intenso trabalho investigativo realizado pelos policiais da DERFVA, que identificou a empresa localizada na Avenida Miguel Sutil em Cuiabá, onde havia indícios de que eram mantidos veículos roubados.

Em vistoria no local, os policiais localizaram grande quantidade de material ilícito, principalmente relacionado a caminhonetes Toyota Hilux. Entre os materiais encontrados estavam diversos motores, que em checagem no sistema foi constatado pertencerem a veículos, produto de roubo/furto no estado de São Paulo.

Além dos motores, também foram localizadas diversas peças de caminhonetes, como carroceria, capa de motor, entre outros, também produtos de furto em outros estados, como Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

A equipe da Politec esteve no local para realização de perícia bem como houve o acionamento de equipes da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para fiscalização no local, devido à vasta quantidade de peças de veículos sem numeração e com indícios de pertencerem a veículos furtados e roubados.

O delegado que coordenou os trabalhos, Maurício Maciel Pereira Júnior, disse que o proprietário do estabelecimento, não estava no local no momento da ação, porém já foi identificado e será intimado para ser interrogado dentro de inquérito policial instaurado na DERFVA.

Segundo o delegado titular da DERFVA, Diego Alex Martimiano da Silva, diante do cenário encontrado foi possível verificar que os proprietários do local fomentavam a prática do crime de furto e roubo no Brasil inteiro, uma vez que no foram encontradas peças de veículos roubados e furtados em diversos estados do país.

“Ficou evidente a especialização dos proprietários na prática criminosa e que eles possuíam contato com criminosos de várias partes do país. Por meio da expertise dos policiais e do Núcleo de Inteligência da DERFVA foi possível desarticular um grande estabelecimento comercial que atuava na receptação e comercialização de veículos produtos de crime”, disse o delegado.

Do Repórter MT