25.6 C
Mato Grosso
quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeDiário TV"Fui arrastada e pensei que iria morrer", diz jovem atropelada

“Fui arrastada e pensei que iria morrer”, diz jovem atropelada

Reprodução

Caso foi registrado na noite de terça-feira (2), em Cuiabá; condutor fugiu sem prestar socorro

Emily Vitória de Souza Silva (detalhe) foi vítima de atropelamento seguido de fuga

A assistente de marketing Emily Vitória de Souza Silva, de 23 anos, disse que acreditou que iria morrer ao ser atropelada e arrastada por alguns metros por uma Toyota Hilux, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, na noite de terça-feira (2).

Quando eu percebi que ele não ia frear e a moto começou a escorregar por uma longa distância eu pensei que eu ia morrer, eu ia morrer ali e na hora

Toda a ação foi registrada por câmeras de segurança da região, e é possível ver a gravidade da colisão. Emily chegou a ficar embaixo do veículo após ser arrastada.

O motorista, de 22 anos, que não teve a identidade divulgada, é de Curitiba (PR). Conforme o delegado Christian Cabral, da Delegacia de Delitos de Trânsito, após o atropelamento, ainda colidiu em outros dois veículos e fugiu.

“Ele [o motorista] estava arrastando a moto comigo. Quando percebi que ele não ia frear e a moto começou a escorregar por uma longa distância, pensei que ia morrer. Eu ia morrer ali e na hora”, disse em um vídeo divulgado pelo G1 MT.

“Foi o momento em que pensei em jogar o corpo para o lado esquerdo e saí para um canteiro na avenida. O pessoal que estava lá, testemunhando, começou a gritar para parar o trânsito e gritar para o motorista parar também”, continuou.

Duas prisões e liberdade 

Pouco tempo depois de fugir do atropelamento, a Polícia Militar encontrou o curitibano no Bairro Jardim das Américas, próximo ao shopping. Ele foi detido e submetido a teste de bafômetro, que segundo o boletim de ocorrência, deu negativo.

Na delegacia, foi registrado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e em seguida o homem foi liberado junto do veículo.

Porém, algumas horas depois, em uma tentativa de abordagem da PM na região do Morro da Luz, o condutor tentou fugir e jogou a caminhonete em cima dos policiais.

Depois de percorrer um longo trajeto, foi detido próximo da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e novamente levado à delegacia. 

Dessa vez, o homem foi preso em flagrante por tentativa de homicídio contra os militares. Apesar disso, ele foi liberado após audiência de custódia.

Os casos são investigados.

Veja o vídeo:

Fonte: MidiaNews

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas