23.7 C
Mato Grosso
segunda-feira, março 4, 2024
spot_img
HomeInternacionalFilho de bilionário paquistanês estava 'apavorado' com a expedição ao Titanic

Filho de bilionário paquistanês estava ‘apavorado’ com a expedição ao Titanic

Arquivo/Família Dawood

O bilionário paquistanês Shahzada Dawood e o filho Suleman, de 19 anos, estavam a bordo do submarino Titan, que implodiu durante uma expedição turística aos destroços do navio Titanic.

O passeio, que custou mais de R$ 1 milhão por pessoa, foi um programa em família que acabou em tragédia. Azmeh Dawood, irmã mais velha do empresário, contou à NBC News que o sobrinho “não estava muito a fim” da aventura submarina e que ficou “apavorado” com a ideia.

Segundo a tia, o jovem decidiu embarcar porque o passeio faria parte da comemoração do Dia dos Pais, que aconteceu no último fim de semana, e para agradar a Shahzada, que era “absolutamente obcecado” pelo famoso navio que naufragou em 1912, na viagem inaugural, após ter batido em um iceberg.

A Guarda-Costeira dos Estados Unidos confirmou na quinta-feira (22) que todos os cinco ocupantes do Titan morreram em uma implosão durante a descida até o local do naufrágio, a mais de 3.800 metros de profundidade. 

As equipes de buscas trabalharam por quatro dias até localizar os primeiros destroços do equipamento. Quando as autoridades foram informadas sobre o desaparecimento do grupo, cogitou-se que eles estariam presos no fundo do mar e com oxigênio para no máximo 96 horas.

A tia contou à NBC News que ficou abalada com a ideia do jovem dentro do submarino “tentando recuperar o fôlego” preso lá embaixo. “É uma situação irreal”, lamenta.

Durante o trabalho de buscas realizado com aviões, embarcações e até um robô submarino, a tia acompanhou tudo pela televisão. “Sinto como se tivesse sido pega em um filme muito ruim, com uma contagem regressiva, mas você não sabia para o que estava contando”, diz Azmeh. “Pessoalmente, acho meio difícil respirar pensando neles.”

Além do empresário paquistanês e do filho, estavam no Titan Hamish Harding, presidente da empresa de jatos particulares Action Aviation, o mergulhador francês Paul-Henry Nargeolet e Stockton Rush, CEO da OceanGate Expeditions.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas