31.4 C
Mato Grosso
terça-feira, novembro 28, 2023
spot_img
HomeNotíciasEmpresário é condenado a 6 anos por matar engenheira em Sinop

Empresário é condenado a 6 anos por matar engenheira em Sinop


A Justiça condenou o empresário, Moacir Bachiega, a seis anos e oito meses de reclusão. Ele assassinou a facadas a própria esposa, a engenheira agrônoma Rosilene da Silva Bachiega, que na época tinha 38 anos.

O crime aconteceu em Sinop (500 km de Cuiabá), em 2011. Moacir cumprirá a pena em regime semiaberto.

A decisão é da juíza Rosângela Zacarkim dos Santos, que presidiu o tribunal de júri. O Tribunal de Júri é utilizado em casos de crime contra a vida, como o homicídio.

De acordo com os autos, a vítima chegou em casa de carro e logo em seguida, o assassino condenado chegou em sua caminhonete modelo S10. Ao entrar em casa, ele começou a discutir com a esposa.

Ao ouvirem a confusão, os vizinhos acionaram a Polícia Militar, porém, quando a guarnição chegou, Moacir já havia desferido golpes em Rosilene, que já estava morta. Após o crime, o autor tentou se suicidar, mas foi socorrido pelos PMs.

Para a magistrada, o assassino demonstrou frieza e insensibilidade quando praticou o crime. “Tendo em vista que a prática do crime ora em exame demonstra a frieza emocional e uma insensibilidade acentuada por parte do réu, o qual investiu contra a vítima, com múltiplos golpes de faca e, ainda, aplicando-lhe uma mordida no terço superior do braço esquerdo da vítima, fato constante no laudo pericial”, proferiu Zacarkim dos Santos.

Os membros do júri decidiram, por maioria, pela condenação de Moacir. Ele recebeu a pena de seis anos e oito meses de reclusão que serão cumpridos inicialmente em regime semiaberto.

Fonte: folha Max

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas