27.3 C
Mato Grosso
domingo, dezembro 3, 2023
spot_img
HomeVariedades'Castelo' de cantor José Rico avaliado em R$ 3,2 milhões 'aparenta estado...

‘Castelo’ de cantor José Rico avaliado em R$ 3,2 milhões ‘aparenta estado de abandono’ e vai a leilão

Construído para ser o refúgio do cantor José Rico (dupla de Milionário), que morreu em março de 2015, o “castelo” construído em Limeira, interior de São Paulo vai a leilão para pagar dívidas trabalhistas. Avaliado inicialmente em R$ 3,2 milhões, a propriedade tem lances iniciais de R$ 1,6 milhão e “aparenta estado de abandono, com mato crescente, janelas quebradas e pichações nos muros”, conforme descrição da responsável pela venda judicial. As imagens obtidas pelo Extra mostram o estado deteriorado da propriedade.

Veja fotos do “Castelo” do cantor José Rico, que apresenta traços de abandono

O castelo em 2015 e atualmente, em imagens obtidas pelo Extra — Foto: Reprodução
"Castelo" do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução
"Castelo" do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução

Imóvel teria mais de cem cômodos e ficou 24 anos em construção

A propriedade possui 4,84 hectares e fica próxima à Rodovia Anhanguera. O imóvel penhorado tem um castelo e outras edificações não averbadas, ou seja, barracões em anexo não registrados. Ela começou a ser construída em 1991 e o cantor morreu sem vê-la concluída. Em entrevistas, José Rico dizia que teriam mais cem cômodos e boa parte do projeto vinham de desenhos que ele fazia para os arquitetos. A piscina da casa, por exemplo, foi construída em formato de viola.

O imóvel foi a leilão para pagar dívidas trabalhistas. A redação revelou que uma ação foi movida na Justiça por um músico que trabalhou com a dupla entre 2009 e 2015. Nos autos, ele relata que trabalhava em 19 shows por mês e, posteriormente, 12 apresentações mensais, e realizava quatro apresentações em TV por ano. Com isso, o funcionário alega que não teve carteira registrada, não recebia horas extras, adicional noturno, não recebeu 13º e outras garantias trabalhistas, e diz ainda ter sofrido danos morais.

Em decisão de 16 de julho de 2021, o juiz do trabalho Marcelo Luis de Souza Ferreira, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), fixou a condenação em R$ 6,7 milhões. Em novembro do ano seguinte, a juíza Paula Cristina Caetano da Silva, da 2ª Vara do Trabalho de Americana, comunicou a penhora do “castelo”.

"Castelo" do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução

“Castelo” do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução

"Castelo" do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução

“Castelo” do cantor José Rico está com traços de abandono e vai a leilão — Foto: Reprodução

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas