28.3 C
Mato Grosso
quinta-feira, junho 20, 2024
spot_img
HomeAgronegócioAgropecuária impulsiona crescimento do PIB mato-grossense

Agropecuária impulsiona crescimento do PIB mato-grossense

Segundo a Secretaria de Planejamento e Gestão do Mato Grosso, o PIB de Mato Grosso cresceu 6,7% no segundo trimestre de 2023 — em relação ao mesmo período de 2022

O PIB do Mato Grosso cresceu 6,7% no segundo trimestre de 2023, em relação ao mesmo período de 2022. Nesta mesma comparação, o PIB nacional cresceu 3,4%, segundo o IBGE. Conforme a Secretaria de Planejamento e Gestão do Mato Grosso (Seplag-MT), o avanço do PIB mato-grossense foi puxado pelo setor da agropecuária, que cresceu 18,9%, devido aumento da produção da soja, algodão e do milho. A pecuária também apresentou um aumento na sua produção —  em especial na criação de bovinos, suínos e de aves.

De acordo com o levantamento, a indústria também cresceu 6,8% e o setor de serviços avançou 2,6%.  Segundo o economista e responsável pelo estudo, Eduardo Matsubara, o crescimento do setor agropecuário do estado induziu o avanço de outros setores.

“A agropecuária é um setor que está aumentando sua participação no estado. Já aumentou em torno de 15% no começo da década, já está quase 20% agora. E esse setor acaba induzindo o crescimento de outros, como o transporte das safras, dos insumos agrícolas, a própria industrialização desses produtos. Aqui a gente tem esmagamento de soja, produção de ração, produção de biodiesel, de biocombustível. Tudo é atrelado a essa produção. Além do mais, essa produção de milho, soja acaba ajudando também a produção agropecuária: de aves, suínos, de bovinos, também acaba se beneficiando desse crescimento da agricultura”, explica.

Já no acumulado dos doze meses terminados em junho de 2023, a economia do estado também apresentou um crescimento de 6,7%. Os setores da agropecuária, indústria e serviços tiveram um crescimento de 17,2%, 4,6% e 4,4% —  respectivamente.

No acumulado do ano até junho, em comparação ao mesmo período de 2022, a economia de Mato Grosso apresentou crescimento de 8,3%. A agropecuária teve um avanço de 22,1%, seguida por serviços, com 3,4%, e pela indústria, com 2,2%.

Prejuízos provocados pela instabilidade do clima

Segundo o economista e responsável pelo estudo, Breno  Antunes, quanto ao futuro a instabilidade do clima que atingiu a região nos últimos meses deve causar impactos nos resultados do próximo ano.

“Mato Grosso vem evoluindo bastante pela agropecuária. Esse resultado espelha muito o aumento de produção do ano passado para cá. Enquanto o futuro, temos dúvidas dos efeitos climáticos que estão funcionando agora no momento do plantio. E a gente ainda não tem dados para dizer o impacto, que provavelmente pode acontecer no começo do ano que vem até mês de julho do próximo ano. Mas em termos de uma série de 10, 20 anos, Mato Grosso tem uma média de crescimento de 4,5% ao ano. Então, a longo prazo, Mato Grosso está sendo um bom lugar para investimento e desenvolvimento econômico”, ressalta.

Em relação às unidades federativas, Mato Grosso ocupa a terceira posição entre os estados com maior desempenho no segundo trimestre de 2023, em comparação com 2022. O estado só fica atrás do Paraná, que apresentou o maior desempenho com 8,2%, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 7,5%.

No resultado do acumulado no ano até junho, Mato Grosso registrou o segundo maior crescimento, com 8,3%. O Paraná, com 8,7%, foi o melhor desempenho. 

Fonte: Brasil 61

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas