23.7 C
Mato Grosso
segunda-feira, julho 22, 2024
spot_img
HomePolíticaThiago Silva cobra política enérgica para promover a industrialização em Rondonópolis

Thiago Silva cobra política enérgica para promover a industrialização em Rondonópolis

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) cobrou durante sessão plenária, na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (21), a necessidade da Prefeitura Municipal de Rondonópolis e o Governo de Mato Grosso trabalharem de forma colaborativa para promover de maneira mais célere e eficaz, o fomento da industrialização no município.

O parlamentar enfatizou que a expansão dos trilhos da ferrovia na Baixada Cuiabana e a região norte do Estado, podem reduzir o valor agregado do ICMS e impactar diretamente na arrecadação do município. Também, acrescentou que é preciso uma política de longo prazo para criar ferramentas que diminuir os impactos da expansão da ferrovia e fortalecer o parque industrial e diversificar a economia da cidade. “Precisamos de uma política arrojada e audaciosa para atrair novas indústrias e grandes empresas para a cidade, com o objetivo de garantir o progresso e o aumento da geração de emprego para a população nas próximas décadas”, explanou.

“No passado, percebemos que a nossa cidade atraia grandes indústrias que auxiliaram no processo de desenvolvimento social e econômico. Acredito que a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e a Prefeitura de Rondonópolis possam elaborar um plano de ação, com o intuito de garantir a chegada de indústrias nacionais e multinacionais. Rondonópolis possui uma posição privilegiada, entre as BRs-163 e 364, com gente trabalhadora, grandes áreas para a expansão e temos tudo para alavancar o processo de industrialização em nosso município”, disse o deputado.

De acordo com Thiago Silva, Rondonópolis precisa voltar a ser protagonista e participar ativamente deste processo de expansão das indústrias no Estado. “Temos hoje, a segunda economia de Mato Grosso e um potencial muito grande para atrair novas indústrias, como, por exemplo, no segmento têxtil e na produção de biocombustível. Nós tivemos em Rondonópolis, há alguns anos atrás, grandes empresas e indústrias voltadas para a área têxtil e, assim como acontece nas regiões sul e nordeste do país, também pode ser uma alternativa viável para alavancar o crescimento da nossa cidade”, finalizou.

Fonte: Assessoria

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas