24.5 C
Mato Grosso
quarta-feira, abril 24, 2024
spot_img
HomeMato GrossoSoja é responsável por 60% do Valor Bruto de Produção de Mato...

Soja é responsável por 60% do Valor Bruto de Produção de Mato Grosso

Apesar de ser cada vez mais importante ao estado, queda dos preços da oleaginosa afetam negativamente o indicador

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou a segunda estimativa de 2023 do Valor Bruto de Produção (VBP) em Mato Grosso.

Para a safra 22/23, a projeção do VBP da agricultura e floresta ficou estimada em R$ 170,26 bilhões, queda de 8,92% em relação ao observado no relatório passado.

Em relação à soja, a oleaginosa participou com 59,65% do total da agricultura e floresta, previsto em R$ 101,57 bilhões, retração de 7,84% quando comparado com a perspectiva anterior.

Apesar da produção apresentar recorde na temporada 22/23, o cenário baixista nos preços da soja nos últimos meses foi o principal motivo da queda no valor bruto.

Por fim, com a produção consolidada no estado e a comercialização da safra 22/23 atrasada em relação aos últimos anos, o principal fator de movimento no VBP será o preço da oleaginosa no estado que tem apresentado volatilidade, fato que poderá influenciar na consolidação do indicador.

O preço da soja disponível continua pressionado em Mato Grosso. Na última semana, o valor da oleaginosa fechou na média estadual em R$ 104,96 a saca, queda de 0,80% em relação à semana anterior, pautada principalmente pela grande oferta no mercado.

Analisando o comparativo anual, no qual a média da cotação da soja estava em R$ 142,99/saca, a
desvalorização no preço foi de 36,24% em relação à semana do dia 29 de junho de 2022.

A combinação do recorde na produção de Mato Grosso, dos prêmios negativos, recuo do dólar e pressão da Bolsa de Chicago, foi o fator que motivou o derretimento no valor da oleaginosa no período.

O Imea ressalta que o preço praticado atualmente não cobre o custo total da safra 22/23, o que é uma preocupação para alguns produtores que ainda tem parte das despesas em aberto para a temporada.

Por fim, o desdobramento da safra dos Estados Unidos continuará influenciando as cotações da soja em Chicago, e o produtor de MT deve ficar atento a volatilidade para conseguir os melhores preços, alerta do Instituto.

Fonte: Canal Rural

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas