25.6 C
Mato Grosso
quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
HomeEsportesSão Paulo perde do Cuiabá no Morumbis, e invencibilidade de Zubeldía chega...

São Paulo perde do Cuiabá no Morumbis, e invencibilidade de Zubeldía chega ao fim

Chegou ao fim a invencibilidade de 12 jogos do técnico Luis Zubeldía à frente do São Paulo nesta quarta-feira. No 13º duelo comandando a equipe, o treinador argentino amargou sua primeira derrota, por 1 a 0, contra o Cuiabá, em pleno Morumbis, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, graças ao gol marcado por Eliel na reta final do segundo tempo.

Com o resultado, o São Paulo também chegou à terceira partida sem vitória na atual temporada e começa a ver os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro se distanciarem na tabela. Após um início extremamente positivo com Luis Zubeldía à beira do campo, o Tricolor lida com uma queda de desempenho e precisa reagir visando não só a competição por pontos corridos, mas todo o restante da temporada.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo sábado, quando encara o Vasco da Gama, em São Januário, às 21h (de Brasília), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cuiabá, por sua vez, terá pela frente o Atlético-GO, na Arena Pantanal, no mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 18h30.

O jogo

O São Paulo teve a primeira grande oportunidade da partida. Aos oito minutos, Calleri recebeu pela direita, tabelou com Luciano e saiu cara a cara com o goleiro, mas bateu em cima do adversário, facilitando a defesa. O árbitro, entretanto, já havia marcado impedimento do camisa 9 do Tricolor.

O Cuiabá respondeu pouco depois, aproveitando uma falha de Arboleda na saída de bola. O zagueiro equatoriano saiu jogando errado e entregou de badeja para Max, que chutou de primeira, encobrindo Jandrei e carimbando o travessão. Seria um golaço.

Pressão do Cuiabá

A partir de então os visitantes passaram a agredir o São Paulo com mais frequência. Minutos após quase abrir o placar, o Cuiabá novamente assustou. Max recebeu na entrada da área e ajeitou para Matheus Alexandre chegar batendo de primeira, rasteiro, mandando para fora.

Depois foi a vez de Jonathan Cafú ficar muito perto de abrir o placar. O atacante recebeu pela direita, se livrou da marcação de Diego Costa ao invadir a área, mas, ao invés de finalizar para o gol, quis cortar o zagueiro são-paulino novamente, mas, desta vez, ele conseguiu interceptar o arremate.

O time mato-grossense ainda teve mais uma oportunidade de ir para o intervalo em vantagem, mas a sorte não estava ao seu lado. Aos 38 minutos, Galoppo perdeu a bola no meio-campo para Denilson, que foi conduzindo até chegar na entrada da área e soltar o pé, obrigando Jandrei a espalmar para escanteio.

Já nos acréscimos do primeiro tempo o São Paulo voltou a criar. Michel Araújo fez a ultrapassagem pela esquerda, recebeu de Welington e cruzou rasteiro, para trás, encontrando Luciano, que chegou batendo de primeira, mas mandou por cima do travessão, sem perigo para o goleiro Walter.

São Paulo acorda

O São Paulo voltou para o segundo tempo mais ligado e logo aos quatro minutos conseguiu ameaçar o adversário. Calleri fez o pivô e tocou para Michel Araújo, que ficou com a bola dominada na entrada da área e bateu cruzando, no cantinho, tirando tinta da trave.

O Cuiabá respondeu pouco depois com Jonathan Cafú, que recebeu com liberdade pela direita, se livrou da marcação de Diego Costa e bateu no cantinho, rente à meta defendida por Jandrei.

Zubeldía mexe no time

Aos 16 minutos, Zubeldía resolveu fazer as primeiras mudanças na equipe. O treinador argentino sacou Galoppo, Michel Araújo e Wellington Rato para as entradas de Luiz Gustavo, Rodrigo Nestor e Lucas Moura, respectivamente.

E foi justamente um desses três jogadores acionados que originou uma jogada que quase resultou no gol do São Paulo. Nestor recebeu de Welington, chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Calleri, que completou de primeira, praticamente dentro da pequena área, mas chutou para fora.

Pouco depois foi a vez de Igor Vinícius fazer o cruzamento à meia altura e Calleri desviar levemente de carrinho, vendo a bola passar muito perto do gol defendido por Walter e levando a torcida à loucura nas arquibancadas do Morumbis.

Cuiabá faz o gol da vitória

Mas, já na reta final da partida, em um contra-ataque, o Cuiabá acabou castigando o São Paulo. Após bate-rebate dentro da área, Eliel chutou forte, de primeira, sem chances para Jandrei, que até se esticou todo na tentativa de espalmar a bola, mas não conseguiu interceptar a linda finalização do atacante do time mato-grossense. Assim, coube ao Tricolor se conformar com a primeira derrota sob o comando de Luis Zubeldía.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 1 CUIABÁ

Local: Morumbis, em São Paulo
Data: 19 de junho de 2024, quarta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Gustavo Ervino Bauermann (SC)
Assistentes: Thiaggo Americano Labes (SC) e Brigida Cirilo Ferreira (FIFA – AL)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Público: 33.586 torcedores.
Renda: R$ 1.726.202,50

Gol: Eliel, aos 37 do 2ºT (Cuiabá)
Cartões amarelos: Alisson, William Gomes (São Paulo); Raylan (Cuiabá)

SÃO PAULO: Jandrei; Igor Vinícius, Arboleda, Diego Costa e Welington; Alisson (Ferreirinha), Galoppo (Luiz Gustavo) e Luciano (William Gomes); Wellington Rato (Lucas), Michel Araújo (Nestor) e Calleri.
Técnico: Luis Zubeldía.
CUIABÁ: Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur e Ramon (Rikelme); Lucas Mineiro, Denilson (Fernando Sobral) e Max (Bruno Alves); Jonathan Cafú (Eliel), Clayson (Raylan) e Pitta.
Técnico: Nuno Pereira (auxiliar).

Por Marcelo Baseggio

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas