32.8 C
Mato Grosso
domingo, junho 16, 2024
spot_img
HomeEconomia"Reforma tributária, em relação ao ideal, seria nota 7 ou 7,5. Mas...

“Reforma tributária, em relação ao ideal, seria nota 7 ou 7,5. Mas sistema atual é 1 ou 2”, diz Haddad

Fernando Haddad (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

“Hoje, estamos em uma guerra. Como não há previsibilidade, cada um faz o que pode; um para arrecadar mais e o outro para pagar menos”, disse o ministro da Fazenda

247 – O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), avaliou a atual proposta de reforma tributária em tramitação no Senado como uma iniciativa que ”na lente do ideal, seria nota 7 ou 7,5, mas o sistema atual seria nota 1 ou 2″. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Haddad avaliou que embora não seja ideal, o projeto traz vantagens para a economia. “O sistema garante previsibilidade”, disse.

”Não vimos esse problema ser tratado de acordo com a escala que ele tem”, disse Haddad, sobre a mudança de base do imposto. “De R$ 200 bilhões de compensação de PIS/Cofins neste ano, já identificamos R$ 62 bilhões por decisão judicial, ou seja, um terço”, disse o ministro. 

Ainda segundo a reportagem, no âmbito da reforma tributária, Haddad defendeu a desoneração total das exportações brasileiras, destacando o potencial do país no mercado verde. “O Brasil está em um momento interessante, visto como um dos países de matriz energética mais limpa do mundo”, afirmou. 

“Hoje, estamos em uma guerra. Como não há previsibilidade, cada um faz o que pode; um para arrecadar mais e o outro para pagar menos”, ressaltou o ministro durante participação em um evento promovido pelo banco BTG Pactual, em São Paulo, nesta segunda-feira (6).

Durante o evento, Haddad também abordou o déficit previsto para o ano, destacando que parte dele não é típico de um déficit fiscal clássico. Ele mencionou questões como a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins e a herança de dívidas relacionadas a precatórios, ressaltando a necessidade de tratamento diferenciado para esses “esqueletos”. 

Por Brasil 247

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas