23.3 C
Mato Grosso
quinta-feira, maio 30, 2024
spot_img
HomeNotíciasRapaz de 18 anos envia áudio ameaçando chacina contra 51 pessoas em...

Rapaz de 18 anos envia áudio ameaçando chacina contra 51 pessoas em escola de MT

Um rapaz de 18 anos está sendo investigado pela Polícia Civil, após ser identificado como autor de um áudio divulgado em aplicativos de mensagens, em que ameaçava cometer uma chacina contra 51 pessoas em uma escola no bairro Bom Pastor, em Poconé (104 km de Cuiabá). Este é quarto caso envolvendo ameaças de massacres em Mato Grosso, apenas nesta semana.

O áudio gravado pelo criminoso estava circulando em redes sociais locais e de outras cidades. O rapaz foi identificado pelos policiais da Delegacia de Poconé, que o localizaram em sua residência, no bairro São Judas.

O criminoso foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos, onde confessou a autoria do áudio, dizendo que realmente enviou a gravação para uma pessoa, mas disse tudo se tratava de uma “brincadeira” e que estaria “arrependido”.

Durante buscas na residência do rapaz, nenhuma arma de fogo ou material ilícito foi encontrado. O aparelho celular do criminoso foi apreendido e será enviado à perícia para análise.

Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi instaurado contra o investigado, que responderá em liberdade pelo delito.

Ataques a escolas

Na última quinta-feira (05), um ataque a creche em Blumenau (SC) deixou quatro crianças de 4 a 7 anos mortas. A informação que está sendo apurada pela polícia é de que o criminoso estaria participando de uma competição para saber quem é capaz de matar mais crianças. Pelo menos outras quatro pessoas estariam envolvidas no “jogo”.

Outros três casos envolvendo ameaças de massacre em escolas de Mato Grosso foram registrados essa semana.

Um dia após o massacre na creche em Blumenau, um aluno da Escola Estadual Manoel Cavalcanti de Proença, do bairro Tijucal, em Cuiabá, foi detido por estar com uma machadinha de metal dentro da mochila. A diretora foi alertada por outros alunos e chamou a polícia.

No mesmo dia, um homem de 18 anos foi preso em Várzea Grande, região Metropolitana de Cuiabá, após publicar uma mensagem em rede social ameaçando uma escola pública de Arenápolis (234km da Capital). Ex-aluno da Escola Estadual Gov. João Ponce De Arruda, ele ameaçou um massacre na unidade.

Uma ameaça de massacre na Escola Municipal Olavo Bilac, localizada em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), também veio à tona esta semana, deixando pais, alunos e funcionários da unidade em pânico. Um bilhete foi deixado na unidade dizendo que o atentado ocorreria no próximo dia 11 de abril.

As ameaças ligaram um alerta nas escolas de todo o estado. As Secretarias de Estado de Educação e de Segurança Pública passaram a trabalhar preventivamente monitorando escolas para identificar possíveis situações que coloquem em risco a comunidade escolar.

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas