21.8 C
Mato Grosso
sábado, abril 13, 2024
spot_img
HomeMato GrossoMPE denuncia servidor do TJ por desviar R$ 118 mil em folhas...

MPE denuncia servidor do TJ por desviar R$ 118 mil em folhas de papel


O agente da infância e da juventude, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Anselmo Rodrigues do Prado, tem cinco dias para responder a uma denúncia pela suspeita de ter desviado R$ 118 mil em folhas de sulfite. A determinação é do juiz da Vara de Ações Coletivas, Bruno D’Oliveira Marques, e foi proferida em 30 de maio de 2023.

De acordo com uma denúncia do Ministério Público do Estado (MPMT), o servidor já havia sofrido um processo administrativo disciplinar (PAD) e foi penalizado com a devolução do valor em 190 parcelas de R$ 620,26. O MPMT, porém, alegou na denúncia que a decisão pelo parcelamento dos danos ao erário não levaram em conta “juros, reajuste ou correção”.

Os desvios, confessados pelo agente, ocorreram na Vara da Infância e da Juventude de Cuiabá. “O trabalho produzido no pedido de providências, instaurado no Juízo da Infância e Juventude apurou um consumo excessivo de resmas de papel sulfite, que ocorria porque o réu Anselmo estava desviando material, enquanto responsável por ele, enquanto ocupava o cargo comissionado de gestor administrativo III e por ser responsável pela requisição e pelo controle do consumo desse produto”, diz a denúncia.

Após se manifestar na decisão saneadora, a organização do processo, as partes terão 15 dias para indicar testemunhas. A consulta ao Portal Transparência do Poder Judiciário de Mato Grosso revela que Anselmo é servidor desde o ano de 2001, e recebe salário líquido de R$ 15,2 mil.

Fonte: folha Max

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas