28.1 C
Mato Grosso
domingo, abril 21, 2024
spot_img
HomeGeralLaudo preliminar aponta que soltado morreu de asfixia por afogamento

Laudo preliminar aponta que soltado morreu de asfixia por afogamento

Laudo preliminar da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) aponta que a causa da morte do soldado Lucas Veloso Peres, 27, foi ocasionado por afogamento, na Lagoa Trevisan, em Cuiabá, na última terça-feira (27). 

A informação foi confirmada ao GD pela assessoria da Politec, que destacou ainda que o laudo ainda não foi concluído e o oficial deve sair nos próximos dias. Veloso participava de uma instrução de salvamento aquático, quando começou a passar mal, relatou falta de ar e, em seguida, afundou na água. 

Jovem foi socorrido, encaminhado para o Hospital H Bento, no Dom Aquino, mas não resistiu. A família do soldado acredita que a morte não tenha sido acidental e que o treinamento passou dos limites, visto que Lucas era um atleta completo.

Rapaz atuava no ciclismo, longas caminhadas – mais de 20 quilômetros – fazia rapel e descia mais de 50 metros de altura. Para eles, o rapaz não tinha qualquer problema físico que explicasse a morte.

Agora, a morte de Veloso está sendo apurada pela Corregedoria do Corpo de Bombeiros. O órgão, até o momento, não se manifestou de forma oficial sobre o caso. 

Por Vithoria Sampaio/Foto: Chico Ferreira

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas