28.1 C
Mato Grosso
domingo, abril 21, 2024
spot_img
HomePolíciaLadrão preso revela que bando esperava levar até R$ 40 milhões

Ladrão preso revela que bando esperava levar até R$ 40 milhões

Reprodução/Redes sociais

Paulo Sérgio Alberto de Lima, de 48 anos, afirmou que plano foi frustrado por causa de fumaça expelida

Integrante da quadrilha que invadiu Confresa no início de abril, Paulo Sérgio Alberto de Lima, de 48 anos, revelou durante oitiva na Polícia Civil que o bando esperava encontrar de R$ 30 milhões a R$ 40 milhões no cofre da transportadora de valores Brink’s.

No trecho do depoimento de Paulo, divulgado pelo G1 Tocantins nesta segunda-feira (8), o assaltante ainda contou que foi contratado somente para arrombar o cofre. 

Ao ser questionado pelo investigador qual a estimativa de valor a quadrilha acreditava que haveria no cofre, ele respondeu: “Uns R$ 30, 40 [milhões]. É… transportadora trabalha com isso, né?”.

Segundo ele, o valor seria dividido proporcionalmente entre os integrantes do escalão superior da quadrilha, e ele receberia somente a metade disso. 

“Exemplo: se tivesse R$ 10 milhões, no caso, e tivesse 10 pessoas, seria R$ 1 milhão para cada um. Para mim viria R$ 500 mil”.

Porém, conforme informado pelo assaltante, o roubo foi frustrado logo que o cofre foi arrombado, pois uma densa fumaça, “tipo enxofre”, foi liberada pelo sistema de segurança da empresa.

Dessa forma, como o tempo do bando para efetuar o roubo era cronometrado, eles acabaram desistindo de levar o dinheiro.

“[O grupo] conseguiu [acessar o cofre], mas não tinha como pegar nada, não foi tirado um um centavo de lá da transportadora. Nada, nada, nada, devido à fumaça, devido a essa ação da fumaça”, disse ele. 

“É tipo enxofre, você não consegue ficar perto dela, não tem jeito. Entrou mais gente [no cofre], mas ninguém conseguiu ficar perto. Aí tinha que sair. Aí desistiram, tinha que ir embora. Fazer o quê? Não conseguia pegar”.

O ataque

A ação do Novo Cangaço em Confresa aconteceu no dia 9 de abril, quando uma quadrilha com cerca de 20 membros invadiu a cidade para roubar a Brink’s.

Durante a ação, eles entraram na base da PM na cidade e atearam fogo em veículos. Apesar de explodirem artefatos dentro da Brink’s, eles não conseguiram levar o dinheiro.

Em seguida, o bando fugiu para o Tocantins, onde também tem aterrorizado os moradores do Estado vizinho.

Por Angélica Callejas Midia News

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas