17.2 C
Mato Grosso
quinta-feira, maio 30, 2024
spot_img
HomeDiário TVKéfera rebate acusações de incentivar compulsão alimentar

Kéfera rebate acusações de incentivar compulsão alimentar

‘Nunca passei dica de dieta ou de treino’, se defender youtuber e influencer, que tinha ensinado aos fãs receita com pepino e gelatina que, segundo ela, é ‘superdoce e enche a barriga’

Kéfera Buchman negou que incentive a compulsão alimentar após compartilhar com os seguidores uma receita que faz para conseguir comer “doce” sem sair da dieta. Ela tinha mostrado como a mistura de pepino com gelatina em pó zero açúcar tem, de acordo com a influencer, “zero caloria, [é] superdoce e enche a barriga”.

A youtuber de 30 anos explicou que o “doce” diferente é uma das formas que encontrou para lidar com a compulsão alimentar, um distúrbio caracterizado pelo consumo de grandes quantidades de alimentos mesmo sem fome. Mas, nas redes, Kéfera foi justamente questionada por incentivar a compulsão com a receita.

Kéfera Buchmann — Foto: Reprodução / Instagram
Kéfera Buchmann — Foto: Reprodução / Instagram

“Não estava com nenhuma saudade disso, pegam um trecho do que eu falo e vira um bafafá”, desabafou ela em vídeo. “Postei uma parada que eu gosto de comer, vim numa semana falando sobre compulsão alimentar, a importância de ir atras de um profissional e vem uma galera que não acompanha e vem causar polêmica”, frisou a youtuber nas imagens em que aparece na cama com um amigo.

Kéfera disse que sempre afirmou que as pessoas devem procurar acompanhamento profissional. “Quem ficou engatilhado com a história de pepino e gelatina porque achou isso um incentivo… Não sei nem como explica, não é incentivando a compulsão, é incentivando a não comer doce, ainda falo não falam dietas extremas e tenham acompanhamento de profissional. Nunca passei dica de dieta ou de treino para vocês, eu mostro o que eu faço, outro dia estava comendo trufa. É que eu gosto de pepino com gelatina”, afirmou

“Espero que tenha ficado claro que dá para comer de tudo, é só ter o acompanhamento de um profissional”, completou.

Fonte: Quem Online

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas