24.3 C
Mato Grosso
segunda-feira, abril 22, 2024
spot_img
HomeNotíciasJuíza mantém prisão de homem que matou caminhoneiro a facadas após acidente

Juíza mantém prisão de homem que matou caminhoneiro a facadas após acidente

Foi mantida a prisão de Reginaldo Ribeiro da Silva Mendes, acusado de matar Edivaldo Francisco Junior a facadas após um acidente de trânsito na Serra de São Vicente, nessa quarta-feira (17). A decisão foi proferida pela juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, do Núcleo de Audiências de Custódia de Cuiabá.  

Reginaldo foi preso em flagrante e ao analisar o caso a magistrada considerou que há provas da materialidade e indícios suficientes de autoria, conforme o que foi apontado no boletim de ocorrência, roupas do suspeito e imagens do local.  

Ele teria matado Edivaldo após a vítima colidir com seu veículo. A juíza entendeu pela manutenção da prisão para garantia da ordem pública.  

“Conforme se ressai dos autos, embora a vítima tenha supostamente ocasionado o acidente na Serra de São Vicente envolvendo 04 veículos, nota-se que o flagrado ficou ‘indignado’ com a situacao, sob o argumento de que ‘veio a atingir a gabine do caminhão que conduzia onde quase veio a atingir sua esposa e também quase foi jogado ribanceira abaixo’”.  

Ela questionou a motivação de Reginaldo, já que nem ele ou sua esposa ficaram feridos e sofreu apenas prejuízo material. Por também considerar que o suspeito tentou se esquivar da culpa, a juíza então decretou a prisão preventiva do suspeito.  

“Ademais disso, devido às condições em que o abalroamento ocorreu, onde a rodovia teve que ficar interditada por várias horas, a fim de se esquivar de qualquer responsabilidade criminal, observa-se que o conduzido trocou de roupa, a qual estava com manchas do sangue da vítima”.  

O caso  

Policiais civis da Delegacia de Santo Antônio de Leverger prenderam em flagrante, na noite de quarta-feira (17), o autor de um homicídio ocorrido na tarde do mesmo dia, na Serra de São Vicente, na BR-364.  

Edivaldo Francisco Junior, de 38 anos, foi morto com golpes de arma cortante, após um acidente de trânsito que envolveu 3 carretas e uma camionete S10, no trecho da rodovia federal próximo ao município de Santo Antônio de Leverger.  

Com as colisões entre os veículos, a passageira da camionete S10 ficou ferida e foi socorrida a um hospital em Cuiabá. Na sequência ao acidente, o suspeito saiu do seu veículo e desferiu facadas na vítima.  

Em depoimento à polícia, Reginaldo disse que “não lembra” se foi ele que cometeu o crime.  

“Não me lembro se fui eu quem esfaqueou. Certeza [que foi proposital]. Para bater daquele jeito e fazer um estrago daquele jeito era excesso de velocidade. Você vê o cara quase matando a sua família é complicado, né? Vê a família lá quase que debaixo do carro, o outro lá também com um menininho também e o cara batendo”, disse em áudio divulgado pelo site MidiaJur.

Por Vinicios Mendes GD-Foto:reprodução

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas