30.7 C
Mato Grosso
quinta-feira, maio 30, 2024
spot_img
HomeNacionalFávaro se torna pivô de briga entre governo Lula e 'Centrão'

Fávaro se torna pivô de briga entre governo Lula e ‘Centrão’

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Carlos Fávaro (PSD), tem sido alvo do chamado ‘Centrão’ por conta da liberação das emendas de relator pelo governo Lula priorizando seus ministros. Fávaro foi beneficiado com R$ 140 milhões para a pasta.  

De acordo com a reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta sexta-feira (23), Fávaro tem sido o principal alvo da pressão, após os parlamentares descobrirem a liberação das emendas.  Diante da pressão, segundo o jornal, o governo Lula determinou que se cancelasse o envio dos recursos para Mato Grosso ou que a origem do dinheiro seja outra.  

A insatisfação levou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), a ligar para o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais), responsável pela articulação com o Legislativo.  Até o início da semana, haviam sido autorizados cerca de R$ 200 milhões, que atendem principalmente Mato Grosso e Pará.  

De cerca de R$ 140 milhões empenhados (etapa que antecede o pagamento) pela Agricultura, foram destinados R$ 130 milhões para sete municípios de Mato Grosso. Essa verba será utilizada para recuperação de estradas em área rural e na compra de equipamentos.  

O Palácio do Planalto questiona Fávaro sobre qual critério foi usado, pois o ministro autorizou para Mato Grosso mais de 30% da verba que a pasta tem da cota das extintas emendas de relator para o ano todo. Em nota, a pasta disse que cadastrou mais de 8.000 propostas de convênios e que pretende, nas próximas semanas, empenhar todo o valor disponível no orçamento para esse tipo de ação.  

O ministério disse que prioriza a recuperação de estradas para melhora do fluxo de escoamento da produção, a aquisição de máquinas e implementos agrícolas, além do apoio a eventos agropecuários com essa verba. (Com Folha de S.Paulo)


Fonte: Gazeta Digital/Foto:Reprodução/Instagram

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas