23.7 C
Mato Grosso
segunda-feira, julho 22, 2024
spot_img
HomeDiário TVFamília “mais incestuosa dos EUA” ganha dia em salão de beleza

Família “mais incestuosa dos EUA” ganha dia em salão de beleza

Soft White Underbelly/Reprodução

Documentarista que registra a vida dos Whittaker, Mark Laita proporcionou aos norte-americanos um dia de cuidados em salão de beleza

A família Whittaker, considerada a “mais incestuosa dos Estados Unidos”, ganhou um dia em salão de beleza. A experiência foi proporcionada e registrada por Mark Laita, documentarista que apresentou o curioso clã ao mundo no programa de entrevistas Soft White Underbelly, disponível no YouTube e focado em “retratar a condição humana”.

O profissional, que conquistou a confiança da trupe, até então reclusa, mostra nos episódios sobre a família como o incesto — prática considerada crime em diversos países — pode desencadear danos severos à saúde dos descendentes dessa polêmica atividade sexual entre consanguíneos.

Composto pelos irmãos Betty, Lorraine e Ray, bem como pelo primo Timmy, o clã tem uma história longa e complicada de endogamia, com relatos iniciais de que a mãe e o pai já falecidos do trio eram irmã e irmão.

Logo de início, no entanto, a trupe esclarece que os “pombinhos” eram, na verdade, primos de primeiro grau duplos — o que significa que compartilhavam os dois pares de avós.

Visita agitada ao salão de beleza

Moradores de uma aldeia rural em Virgínia Ocidental, na região sul dos EUA, os Whittakers ganharam lavagens e cortes de cabelo no mês passado. A família, que tem uma série de problemas físicos, parecia um pouco preocupada ao ser direcionada ao Appalachian Barbershop and Salon.

Tudo corria bem até Ray, que se comunica por latidos, começar a ter a barba aparada. Desconfortável com a situação, ele lutou na tentativa de livrar-se do corte.

Betty tentou mantê-lo sentado, mas Ray conseguiu escapar do assento e das mãos do barbeiro. “Ele não deixa ninguém tocar em seu bigode”, advertiu Betty.

Quando a barba dele foi feita, deixando seu bigode intacto, o homem ficou visivelmente animado, dando uma série de latidos em sinal claro de empolgação.

Betty foi a última a sair do salão de beleza. “Gostei”, disse ela sobre o novo visual.

Apesar de declarar ter boas intenções ao gravar a trupe, Mark Laita é acusado nas redes sociais de explorar a deficiência do clã em seu canal no YouTube.

Assista aos vídeos:

Fonte: Metrópoles

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas