26.2 C
Mato Grosso
terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeNotíciasCrime brutal | Mulher mata marido e filhos com veneno de rato

Crime brutal | Mulher mata marido e filhos com veneno de rato

Família alega que mulher teve surto psicótico – Reprodução/Redes Sociais

Vítimas tinham 23, 4 e 2 anos. Família da suspeita acredita que ela estava em surto psicótico quando cometeu o crime

Uma mulher, de 26 anos, é acusada de assassinar o marido e os dois filhos, de 4 e 2 anos, ao colocar veneno de rato na comida deles, na cidade de Ilhéus, na Bahia, no último sábado (16).

As vítimas, Marcos Paulo Mendes Santos, de 23 anos, e as duas crianças, Benjamyn Kleyton Mendes Barreto Santos e Rosemary Mendes Barreto Santos, não resistiram.

De acordo com informações da Record TV, a suspeita Kelly Mendes Barreto confessou à polícia que colocou veneno na comida para matar a própria família.

Ela afirmou que, inicialmente, não tinha intenção de matar as crianças, mas elas também ingeriram a comida envenenada, e Kelly decidiu não socorrê-las.

Em depoimento, a mulher mostrou tranquilidade, frieza e estava consciente do que fez.

Após o crime, ela chegou a fugir, mas foi localizada na zona rural da cidade de Uruça, onde moram os familiares dela.

Perícia técnica

Segundo a polícia, quando as equipes chegaram no local onde o crime ocorreu, encontraram as vítimas no chão da cozinha.

Segundo um laudo inicial da perícia técnica, todos tinham os mesmos sinais de envenenamento.

Motivação do crime

Ainda em depoimento à polícia, Kelly disse que o motivo pelo qual teria a intenção de matar o marido era porque ele a traía e a agredia.

Porém, segundo as investigações, essas alegações não seriam verdadeiras. Conforme depoimentos de familiares, Kelly sempre foi ciumenta e controladora. Eles ainda afirmaram que a mulher possui problemas psiquiátricos.

O casal já teria, inclusive, se separado anteriormente por causa dessa possessividade, mas reataram pouco tempo depois.

Para a família, a mulher teve um surto, e busca comprovar com exames essa versão.

Kelly foi encaminhada para ala feminina do conjunto penal de Itabuna, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas