32.8 C
Mato Grosso
domingo, junho 16, 2024
spot_img
HomeNotíciasCerca de 100 alunos e funcionários de escola pública em MG vão...

Cerca de 100 alunos e funcionários de escola pública em MG vão para hospital com intoxicação alimentar

Grupo passou mal após consumir salpicão em uma refeição na escola

Cerca de 100 pessoas, entre alunos e funcionários de uma escola estadual em São Domingos do Prata, a 140 km de Belo Horizonte, foram vítimas de uma intoxicação alimentar nesta quinta-feira (19). A suspeita é que o grupo tenha passado mal após consumir salpicão durante uma refeição.

O caso aconteceu na Escola Estadual Marques Afonso. Segundo informações da prefeitura, os afetados foram encaminhados para o Hospital Nossa Senhora das Dores e postos de saúde próximos, não havendo necessidade de transferências.

A maioria dos pacientes já recebeu alta médica. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar não foram acionados para dar suporte ao caso. A Vigilância em Saúde apura a causa do incidente.

A Secretaria de Estado de Educação informou que está tomando medidas para investigar a causa da intoxicação. O superintendente regional de ensino esteve no local para prestar apoio à comunidade e solicitou a presença do serviço de inspeção escolar da secretaria na escola nesta quinta-feira (19), data em que as aulas estão suspensas.

Veja a nota da secretaria de saúde:

“A Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG) informa que está tomando todas as providências necessárias para apurar as motivações dos casos de intoxicação alimentar ocorridos na Escola Estadual Marques Afonso, em São Domingos do Prata, nesta quarta-feira (18/10).

O superintendente Regional de Ensino (SRE) de Nova Era, responsável pela coordenação da escola, esteve no local para prestar apoio à comunidade escolar e solicitou que o Serviço de Inspeção Escolar da SRE compareça à unidade de ensino, nesta quinta-feira (19/10), para apurar o ocorrido. A direção da escola também acionou de imediato a Vigilância Sanitária, que irá apurar o caso.

Ao todo, cerca de 100 pessoas, entre estudantes e servidores da escola, precisaram de atendimento médico, sendo que a maioria dos pacientes foi liberada, sem apresentar sintomas graves.

Ressaltamos que a Secretaria de Estado de Educação e a SRE de Nova Era estão acompanhando de perto o caso e seguem prestando auxílio à comunidade escolar afetada. As aulas na unidade de ensino foram suspensas no turno noturno desta quarta-feira (18/10) e integralmente nesta quinta-feira (19/10)”.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas