30.2 C
Mato Grosso
quinta-feira, maio 30, 2024
spot_img
HomeEsportesBrasil vai acionar governo espanhol solicitando investigação por racismo contra Vini Jr.

Brasil vai acionar governo espanhol solicitando investigação por racismo contra Vini Jr.

Nesse domingo (21), o atleta foi vítima de ofensas racistas

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, informou nesta segunda-feira (22) que o Brasil vai notificar oficialmente as autoridades espanholas para que seja aberta uma investigação sobre a LaLiga, responsável pelo torneio de futebol profissional espanhol, após um novo caso de racismo contra o jogador brasileiro Vinícius Jr.

Nesse domingo (21), o atleta foi vítima de ofensas racistas durante uma partida do campeonato espanhol entre Real Madrid e Valencia.
“A gente vai, através do Ministério Público, notificar para que seja investigada a LaLiga e todos os casos. Não dá para a gente ficar só na coisa do ‘repudiamos’ e em nota sem ação concreta. Agora, a gente vai para cima com o Ministério Público de lá para que eles sejam notificados e investigados”, disse Anielle.

Anielle condenou a atitude racista contra Vinícius Jr. e disse que o episódio é “inadmissível”. “Enquanto tiver sangue correndo nas minhas veias, enquanto a gente estiver à frente desta pasta da Igualdade Racial, a gente vai estar cuidando do povo brasileiro preto, seja aqui, seja fora do país. Porque se tem uma coisa que assola a nossa comunidade preta é o racismo. E esse mal é um caso que a gente precisa combater na raiz”, afirmou a ministra.
“A gente vai para cima das autoridades notificar, oficializar, para que tenhamos uma resposta. O histórico da LaLiga não é bom, é um histórico bem racista”, completou ela.

A ministra lembrou que esteve na Espanha no início de maio e firmou, com a ministra equivalente de sua área, Irene Montero, um compromisso bilateral de combate ao racismo, à xenofobia e a formas correlatas de discriminação.

Um dos destaques do acordo é exatamente a previsão de que os países “dediquem atenção especial à luta contra o racismo nas atividades esportivas”.

Lula exige providências
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se solidarizou com o atleta brasileiro e cobrou providências da liga espanhola de futebol contra o racismo.

“Não é possível que, quase no meio do século 21, a gente tenha o preconceito racial ganhando força em vários estádios de futebol. Não é justo que um menino pobre, que venceu na vida, que está se transformando possivelmente em um dos melhores jogadores do mundo, seja ofendido em cada estádio a que comparece”, disse Lula em entrevista a jornalistas no Japão, onde participou da cúpula do G7 neste fim de semana.

“É importante que a Fifa, que a liga espanhola, que a liga de outros países tomem sérias providências, porque não podemos permitir que o fascismo e o racismo tomem contra dos estádios de futebol”, completou.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas