29.5 C
Mato Grosso
segunda-feira, abril 22, 2024
spot_img
HomeNotíciasAluna autista escreve carta para denunciar abusos de professor

Aluna autista escreve carta para denunciar abusos de professor

jovem tomou coragem para falar sobre o assunto após palestra na escola

Um professor de uma escola de Barretos, no interior de São Paulo, foi preso no último domingo (2) após uma aluna autista de 13 anos denunciar os abusos que sofria por parte do docente. A adolescente relatou o caso por meio de uma carta de três páginas, na qual detalha as ações do suspeito.

A jovem tomou coragem para falar do assédio após assistir uma palestra na escola sobre o combate a este tipo de crime. Com a ajuda de uma amiga e um outro professor, ela expôs os abusos do suspeito, que aconteciam há quatro meses em uma sala da escola.
“Ele me falava para não contar sobre os abraços para ninguém. Uma vez ele foi me abraçar e passou a mão por dentro do short da escola que eu estava utilizando no dia. É tão estranho e confuso lembrar de tudo detalhadamente”, conta a jovem.

Na carta, a adolescente relata o incomodo com a situação e alguns pedidos do professor: “Não contar para ninguém, dar um beijo nele e colocar a mão em cima das partes genitais dele”.

Segundo a vítima, o docente teria se aproveitado de um momento de instabilidade emocional dela. A aluna, que sempre evitava os contatos do professor, aceitou uma vez um abraço do suspeito, que se aproveitou para abusar dela.

A direção da escola repassou a denúncia da estudante para a Polícia Civil, que prendeu o suspeito em casa no início desta semana.

O celular do docente foi apreendido pelos investigadores, uma vez que os agentes querem saber se ele possuía este tipo de contato com outros alunos da escola.

Fonte: R7

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas