32.8 C
Mato Grosso
domingo, junho 16, 2024
spot_img
HomeNacionalA gerente comercial Marinês Hatori da Silva (detalhe), que morreu no acidente...

A gerente comercial Marinês Hatori da Silva (detalhe), que morreu no acidente – Reprodução

Mídia News

Mârines Hatori da Silva trabalhava em uma empresa de informática com filial em Mato Grosso do Sul

A gerente comercial Marinês Hatori da Silva, de 52 anos, moradora de Cuiabá, morreu em um acidente ocorrido na BR-163, entre os municípios de Coxim (MS) e Rio Verde (MS), na sexta-feira (10).  

Conforme apurado pela reportagem, Marinês trafegava no km 704 da rodovia em um Jeep Renegade quando tentou desviar de destroços de um pneu de caminhão. 

Com a manobra, seu carro acabou colidindo frontalmente com um outro Renegade que vinha na direção contrária. 

Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente.

Já o motorista do segundo veículo ficou gravemente ferido e precisou ser encaminhado ao Hospital Regional de Coxim. O atual estado de saúde dele não foi divulgado. 

Conforme apurado pela reportagem, Marinês era gerente comercial de uma empresa de informática com sede em Cuiabá e filial em Campo Grande (MS).

Ela era casada com Carlos Alberto de Almeida, funcionário da Funasa e presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de MT (Sindsep/MT). 

Luto 

Nas redes sociais Almeida prestou homenagem à esposa.  

“Perdi mais do que uma companheira, mas uma mãe, uma amiga. Obrigado de coração. Descanse em paz”, publicou o servidor nas redes sociais.

O deputado estadual de Mato Grosso do Sul, Junior Mochi (MDB), também prestou homenagem, por meio de uma nota de pesar publicada nas redes sociais.  

“Neste momento difícil, expressamos nossas condolências à família e amigos, desejamos força e conforto neste momento difícil. Que Deus, em Sua infinita misericórdia, console os corações aflitos.” afirmou em um dos trechos.

Noticias Relacionadas
- Advertisment -
Google search engine

Mais lidas